Atividade: Painel (Pesquisa experimental aplicada)

 

A RELAÇÃO ENTRE PERCEPÇÃO DO ESTIGMA E TRANSTORNOS PSIQUIÁTRICOS EM PACIENTES COM EPILEPSIA

 

MARIANA ZOPPI

Glória Maria A. S. Tedrus

Diana Tosello Laloni

PUC – Campinas

Avaliou-se a relação entre percepção do estigma e transtornos psiquiátricos em pacientes com epilepsia. Foram estudados 71 pacientes com epilepsia, de um ambulatório universitário, de ambos os gêneros, com idade variando entre 18 e 59 anos. Foram analisados aspectos sociodemográficos, aspectos psicológicos levantados com a aplicação dos instrumentos: EAS 40 (Escala de Avaliação de Sintomas) instrumento para avaliação de sintomas psicológicos em pacientes com doenças físicas, avalia problemas psicológicos em 4 diferentes dimensões: psicoticismo, obsessividade compulsividade, somatização e ansiedade; EFN (Escala Fatorial de Neuriticismo) teste psicométrico que avalia desajustamento emocional e traços de personalidade humana e avalia os fatores: vulnerabilidade, desajustamento psicossocial, ansiedade e depressão e avaliação do estigma com a EEE (Escala de Estigma em Epilepsia) instrumento que mensura o estigma na epilepsia desenvolvido e validado para a população brasileira. Os resultados apontam que escores da EEE se relacionam positivamente com todos os fatores avaliados pela EAS-40 e a EFN. Os resultados indicaram que a convivência com a doença epilepsia traz consequências emocionais e psicológicas (principalmente relacionadas aos fatores avaliados pelas escala), independentemente da etiologia da síndrome ou do curso da doença. As vivências com a doença definem comportamentos e reações emocionais. As crises constantes e imprevisíveis são aspectos que causam impactos como ansiedade, depressão e dificuldade sociais já que a sociedade ainda vê com preconceito a epilepsia e a crise epilética. Estímulos que devem ser indicados: imprevisibilidade da crise epilética, rejeição social diante do diagnóstico e da impossibilidade de esconder as crises, respostas ao acaso que são pareadas com a crise e o condicionamento, comportamentos obsessivos desenvolvidos para lidar com todas essas consequências.

 

Palavras-chave: Estigma, Epilepsia, Aspectos Psicológicos e Transtornos psiquiátricos